Primeira Pessoa

Não tenha medo de brilhar!

12/02/2020

Essa semana ouvi de duas mulheres que elas estão com medo. Isso porque, nos últimos tempos, elas saíram da zona de conforto, arregaçaram as mangas e investiram em autoconhecimento e autodesenvolvimento. Os retornos começaram a aparecer. E agoras elas estão com medo.

Medo daquilo que elas tanto sonharam dar certo.

Medo de não saber lidar com o reconhecimento dessa mulher tão incrível que elas são.

Medo do sucesso. E da responsabilidade.

Eita! E agora?

Porque esse medo todo não é mesmo? Eu poderia listar diversas razões para ele existir, mas, como tô me policiando para não fazer tanto textão (hehe), vou me ater a compartilhar alguns motivos para você não deixar que ele te paralise. Porque, sim, inevitavelmente, ele vai surgir, lembre-se que, até pouco tempo atrás, a voz das mulheres era diminuída, relegada, silenciada, então, olha que ousadas: agora falamos, criamos nossos próprios padrões, queremos ajudar a promover transformações, e ainda compartilhamos isso com o mundo todo através das redes sociais. Miga, se isso não te der um medinho, um friozinho na barriga, você não é desse planeta não.
Vixe! Olha eu aí já iniciando um textão de novo, pera. Segue a minha sincera lista para, a cada vez que o medo de brilhar surgir, tu se lembrar :

– Você é incrível e necessária;

– Você é livre;

– Você tem um dom. Descubra-o, use-o, lapide, transforme-se;

– Você não é, nem tem que buscar ser perfeita. Ouvi esse frase num vídeo de yoga esses dias e tomei pra mim: faça o seu melhor. O seu melhor é mais que suficiente;

– Elogios e críticas são só opiniões. Não dê a eles maior valor do que possuem;

– Não há como ter controle de tudo. Deixe fluir;

– O seu brilho não ofusca o de ninguém, pare de se culpar;

-Você não veio para esse mundo à toa. A sua mensagem é impoprtante e precisa ser passada;

-Outra frase que eu li e tomei pra mim: “campeão não pede permissão”; se poupe disso!

-Confie na sua intuição;

-Cair faz parte, recomece quantas vezes achar necessário;

-Brilhe! O seu brilho pode iluminar quem você menos espera;

-Quem mais precisa do seu brilho é você mesma. Ilumine-se!

 

Antes de finalizar esse texto, queria só dedicá-lo a algumas mulheres especiais: às solares, dessa foto linda aí que ilustra esse texto ( faltando Elbinha e Leidy, que não estavam nesse dia). É muito brilho e muito acolhimento. Formamos despretensiosamente um grupo durante o café do @koisasdecida (sigam ela, gente, maravilhosa) e, para além de trocar figurinhas no whastApp ( literalmente) nos vimos em rodas de cura dançantes e pulantes ao som de “Lua de Cristal que me faz sonhar, faz de mim estrela, que eu já sei brilhar” hahaha. Sério, a força de mulheres genuinamente unidas é coisa de Deus. Da Deusa. É incrível!

Dedico, também, esse texto às duas mulheres que citei no início, elas sabem que são elas, então tá ok, vou falar mais nada. E dedico, com muito amor, à minha terapeuta Marcia Vital, que é pura luz, puro brilho e me ajuda a reconhecer meu brilho mesmo atravessada de lágrimas. Obrigada por me iluminar tanto.

Beijos brilhosos e até o próximo texto!

Comentários

comments

Você também pode gostar